Sindicato dos Corretores de Imóveis na Paraíba
FALE CONOSCO
(83)

3244-6196

Notícias


04/02/2016

Posso usar o FGTS para quitar o financiamento do cônjuge?

Posso usar o FGTS para quitar o financiamento do cônjuge?

Dúvida do internauta: Meu noivo adquiriu um imóvel quando era solteiro. Agora nós vamos nos casar e morar neste imóvel. Posso utilizar o saldo do meuFGTS para quitar o restante do financiamento? Se sim, quais procedimentos devem ser realizados?

Resposta de Marcelo Prata*

A possibilidade ou não de você utilizar o FGTS deve ser avaliada levando em conta o regime de bens adotado em seu casamento ou união. No quadro abaixo eu mostro como o FGTS pode ser utilizado em cada um dos regimes:

Publicidade

RegimeComunicação dos bensSituações que impedem o uso do FGTS pelo cônjuge
Comunhão parcial de bensHá comunicação de todos os bens adquiridos após o casamento.Se o imóvel foi adquirido antes do casamento, somente o cônjuge que é proprietário ou titular de financiamento ativo no âmbito do SFH fica impedido de usar os recursos do FGTS.
Separação de bensNão há comunicação de bens entre o casalSomente o cônjuge que possuir imóvel em local impeditivo ou financiamento ativo no âmbito do SFH fica impedido de usar o FGTS na aquisição
União estávelHá comunicação de todos os bens adquiridos após a união, a menos que exista escritura pública de declaração estabelecendo qualquer outro regime.Se adquirido antes da união, somente o companheiro que é proprietário ou titular de financiamento ativo no âmbito do SFH fica impedido de usar o FGTS.
Comunhão universal/total de bensHá comunicação de todos os bens passados e presentes dos cônjuges, exceto os casos previstos no Código Civil Brasileiro.Se um dos cônjuges for proprietário de um imóvel em local impeditivo ou financiamento ativo no âmbito do SFH, ficam os dois impedidos de usar o FGTS na aquisição.

Além de se enquadrar nas exigências de cada regime, basta atender às condições para utilização dos recursos do fundo, ou seja, ter contribuído para o FGTS por três anos, não ter outro financiamento ativo ou ser proprietária de imóvel na mesma cidade onde trabalha, mora ou nas cidades limítrofes e região metropolitana. O imóvel financiado também deve estar enquadrado no Sistema Financeiro de Habitação (SFH).

O processo de utilização do FGTS para amortização ou quitação do financiamento é o mesmo em todos os casos. Basta procurar o banco onde fez seu financiamento e solicitar a documentação necessária para realizar o saque do FGTS.

*Marcelo Prata é fundador do site de comparação de financiamento imobiliário, Canal do Crédito.


© 2014 SindImóveis. Todos os Direitos Reservados